Loading...

quinta-feira, 21 de outubro de 2010

Tenho certeza de que você já ouviu falar muito em reciclagem, seja de papel, latinhas ou plástico?

Supermercados fazem campanhas, catadores estão por toda parte, shoppings colocam lixeiras compartimentadas à disposição dos clientes.
Acontece que reciclar é só a terceira parte do processo. Então, por que é a mais famosa?
Porque ficamos com nossa consciência tranqüila quando separamos nosso lixo em categorias e o passamos adiante. Dizemos "ótimo, fiz minha parte pelo meio ambiente" e nem nos preocupamos com o destino dos nossos "recicláveis".
Só que reciclar exige dinheiro, indústrias, mão-de-obra. Se, de um lado, cria empregos (e subempregos também), de outro é fato que o Brasil não tem uma indústria de reciclagem preparada para receber as 250.000 toneladas de lixo produzidas diariamente no país. Muito do que poderia ser reciclado perde-se por aí, por falta de transporte até os centros apropriados ou por incapacidade de processamento pelas indústrias.
Além disso, aquilo que é reciclável já foi, um dia, matéria-prima que poderia ter sido poupada se fizéssemos um uso mais consciente dos recursos – inclusive daqueles que saem diretamente dos nossos bolsos.

3 comentários:

  1. Parabens Marcelo.

    Achei muito interessante esse negocio dos 3Rs, vou me poiliciar mais com o meu lixo.

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. é romulo faça isso, porque se cada um ajudar, o planeta vai agradeçer.

    ResponderExcluir